Atenção! Você está utilizando o Internet Explorer em uma versão desatualizada, que compromete a navegação no site do NESA. Faça a atualização do seu navegador, ou utilize outro, como o Mozilla Firefox, o Google Chrome, ou o Opera (entre outros).


Projetos

Afroatitude NESA

Este projeto é fruto de uma parceria entre o Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente, a Divisão de DST-Aids do Ministério da Saúde, o Ministério da Educação – MEC e a Secretaria Especial de Políticas Públicas para a Igualdade Racial – SEPPIR e tem como objeto o estudo da vulnerabilidade da adolescente negra às DST-Aids, com vistas à promoção da saúde desta população através de subsídios às políticas públicas de combate à desigualdade racial.

Além disso, faz parte da política de ação afirmativa que conta com a participação de 25 alunos bolsistas cotistas negros de diversos cursos da universidade e 12 adolescentes promotores de saúde moradores de espaços populares da cidade do Rio de Janeiro.

Equipe coordenadora do projeto:
Clátia Regina Vieira - conselheira do CEDIM
Maria Helena Ruzany – professora adjunta
Stella R. Taquette – médica e professora adjunta
Zilah Meirelles - assistente social

Arco-íris jovem

Este projeto realiza atividades de extensão, pesquisa e ensino e tem como foco os direitos sexuais e reprodutivos dos adolescentes que têm relações homossexuais.

Sabe-se que a adolescência é a fase da vida em que geralmente ocorrem as primeiras relações sexuais com envolvimento genital, hetero e homossexuais, sendo que estas últimas expõem os jovens a um maior risco à saúde. A atividade de pesquisa que é desenvolvida tem como objetivo conhecer os relacionamentos homossexuais entre adolescentes, seu significado e evolução e a que danos especiais estão sujeitos. O público alvo é composto por adolescentes atendidos no NESA-UERJ com pelo menos uma experiência homossexual. Espera-se com esta pesquisa conhecer as dificuldades por que passam esses adolescentes, oferecer-lhes um atendimento diferenciado e criar estratégias para que se exponham menos a situações que coloquem em risco sua saúde.

Em relação à extensão, o projeto promove oficinas em que a temática é discutida e refletida, com metodologias participativas, apresentação de vídeos, dinâmicas de grupo e capacitação de promotores de saúde.

Equipe:
Fernanda Graneiro Bastos - asistente social
Marília Mello de Vilhena - psicóloga
Stella R. Taquette - médica e profesora adjunta

Atendimento de Enfermagem em Saúde Sexual e Reprodutiva

Na adolescência, constatamos grande demanda do público feminino nos serviços de saúde, buscando resolver agravos relacionados a distúrbios ginecológicos e apresentando outras necessidades relacionadas à sua sexualidade. Em um programa de atenção integral à saúde do adolescente, este é um momento fundamental para uma escuta atenta e simpática, visando oportunizar a orientação acerca de seus conhecimentos e/ou dúvidas relacionadas à saúde sexual e reprodutiva.

O presente projeto destina-se à organização de um espaço de discussão, reflexão e orientação sobre temas da adolescência, sexualidade/afetividade, direcionado à jovens de 12 a 18 anos.

Como método de trabalho, utilizamos a consulta de enfermagem e o trabalho em grupo. Além disso, contamos com os profissionais da equipe multidisciplinar para referência e contra-referência..

Objetivamos proporcionar à clientela feminina os cuidados indispensáveis à sua saúde sexual e reprodutiva que se traduzem em:

• avaliação clínica, ginecológica, social e psicológica, quando necessário;
• realização de exames de prevenção;
• orientação e informação de todos os métodos contraceptivos para a prevenção da gravidez e das doenças sexualmente transmissíveis/ HIV;
• fornecimento do método contraceptivo indicado e disponível;
• encaminhamento para unidades de referência em planejamento familiar.

Paralelamente, desejamos organizar o banco de dados da clientela atendida na Clínica de Adolescentes da PPC, utilizando a Ficha do Adolescente e a Ficha de Avaliação Ginecológica para que possamos planejar melhor nossas ações e ter instrumentos de avaliação.

Finalmente, com a execução deste trabalho, estaremos contribuindo para a capacitação de alunos de graduação e residência em enfermagem na atenção primária em saúde sexual e reprodutiva.

Coordenação: Regina Célia da Silva Machado Melo – enfermeira

BVS ADOLEC / BRASIL

A BVS ADOLEC (Biblioteca Virtual da Saúde do Adolescente) é uma iniciativa da OPAS (Organização Pan- Americana de Saúde), BIREME (Biblioteca Regional de Medicina), MS (Ministério da Saúde) e UERJ, através do NESA, que é o Centro de referência/Brasil. Objetiva recuperar e reunir a produção acadêmica e dos serviços, originados na sua área de cobertura, referente à atenção ao adolescente.

Para que todos os usuários tenham conhecimento das instituições e profissionais que trabalham com adolescentes nos mais diversos campos de atuação, a BVS ADOLEC criou um diretório com esses dados: www.adolec.br/php/index.php. Se a intenção for obter uma cópia de material deve-se enviar o pedido ao Centro de Referência/Brasil através do serviço do SCAD (Serviço Cooperativo de Acesso ao Documento - http://scad.bvs.br/php/index.php), cujo principal objetivo é prover o acesso a documentos da área de Ciências da Saúde, exclusivamente para fins acadêmicos e de pesquisa.

Responsável: Heloísa de Castro - bibliotecária (www.adolec@uerj.br)


Caras & Bocas - projetos integrados

1) Projeto Integrado de Saúde Oral para Adolescentes

É o resultado de uma parceria da Faculdade de Odontologia da Uerj com o NESA e tem como objetivo capacitar graduandos das áreas de Medicina, Odontologia, Nutrição e Enfermagem, para promover atividades educativas com adolescentes no sentido de trabalhar extensão universitária em escolas, comunidades, empresas, feiras de saúde e outros eventos de extensão, integrando conhecimentos das áreas já citadas. Realiza pesquisas e produz material educativo para este fim.

Responsáveis:
Mauro Sayão Miranda (Coordenador) – Faculdade de Odontologia da UERJ
Equipe Caras e Bocas – NESA


2) Projeto de Saúde Oral e Amamentação para a Gestante Adolescente.

Com o objetivo de promover atividades educativas e preventivas com a gestante adolescente e seus acompanhantes, capacitar e treinar alunos das áreas de Odontologia, Medicina, Enfermagem e Nutrição, dar assistência às gestantes adolescentes em saúde oral e criar material didático para este fim, o projeto foi criado como um desdobramento do Programa Caras e Bocas devido às necessidades geradas com a abertura do pré-natal do NESA. O Projeto conta com uma equipe multidisciplinar para assistir gestantes dos 12 aos 15 anos incompletos que participam de atividades educativas em que são abordadas a prevenção de patologias orais, o cuidado com a saúde oral da gestante e de seu bebê, oficinas sobre amamentação e sobre dieta da gestante e do bebê. Os alunos participam de aulas teóricas e práticas e de atendimentos individuais e coletivos às gestantes e seus bebês

Responsáveis:
Célia Regina de Jesus Caetano Mathias – cirurgiã-dentista
Mariângela Giana de Abreu Gonzaga Ribeiro - nutricionista
Margareth Attianezi - fonoaudióloga
Mario Eliseo Maiztegui Antunez - cirurgião-dentista
Regina Abramovitch Katz - pediatra
Teresa Cristina dos Reis Carvalho Quaglia - otorrinolaringologista (Coordenadora)


3) Projeto Respirar

O Projeto Respirar foi criado com o objetivo de reabilitar o paciente adolescente respirador bucal de uma forma integral, para melhorar sua qualidade respiratória e a postura física através de uma abordagem multidisciplinar (Otorrinolaringologia, Fonoaudiologia e Odontologia). Os pacientes são atendidos pela equipe utilizando-se uma anamnese própria, investiga(m)-se a(s) causa(s), detectam-se as complicações e deformidades decorrentes e estes pacientes recebem tratamento combinado, de forma integral, a fim de se conseguir um resultado o mais satisfatório possível, isto é, no tocante a imagem corporal, estética, fala e seu crescimento e desenvolvimento.

Responsáveis:
Margareth Attianezi - fonoaudióloga
Mario Eliseo Maiztegui Antunez - cirurgião-dentista
Teresa Cristina dos Reis Carvalho Quaglia - otorrinolaringologista (Coordenadora)

PROGRAMA INTEGRANTE: Caras & Bocas ]

RAMA - Rede de Apoio à Mulher Adolescente

Este projeto é fruto de um convênio entre o Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente e a Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres do Governo Federal. Tem como objetivo geral contribuir com a formação de profissionais de saúde numa perspectiva intersetorial para a prevenção e enfrentamento da violência que envolve mulheres adolescentes e jovens.

Dentre as atividades propostas neste projeto, realizou-se na UERJ, em novembro de 2005, o I Seminário Nacional sobre Violência contra a Mulher Adolescente e Jovem. As conferências, mesas-redondas e debates realizados neste evento serão divulgados através de publicação que estará disponível em breve.

No momento, a equipe multidisciplinar do projeto está elaborando material educativo com utilização de metodologia de aprendizagem baseada em problemas, para capacitação de profissionais de saúde na atenção à mulher adolescente/jovem em situação de violência.

 

Equipe participante do projeto :

Célia Regina de Jesus Caetano Mathias – cirurgiã-dentista
Evelyn Eisenstein – professora adjunta
Fernanda Graneiro Bastos - assistente social
Larissa Wollz - psicóloga
Márcia Soares Vieira - assistente social
Margareth Attianezzi - fonoaudióloga
Mario Eliseo Maiztégui Antunez – cirurgião-dentista
Regina Célia da Silva Machado Melo - enfermeira
Stella R. Taquette – médica e professora adjunta (coordenação)
Suyanna Linhales Barker - psicóloga
Vera Maria Pollo Flores - psicóloga